Com o tema: “No princípio era a Palavra” com base no evangelho de João 1:1, a 31ª Conferência da Escola Dominical, organizada pela CPAD – Casa Publicadora das Assembleias de Deus, iniciou na quinta-feira 31 de outubro e encerrou neste domingo 03 de novembro.
Foi a primeira vez que a Assembleia de Deus no estado do Pará sediou este evento, que aconteceu no Centro de Eventos Pastor Francisco Alves Ribeiro, anexo a sede da COMIEDEPA, em Ananindeua, região metropolitana de Belém.
Mais de mil inscritos participaram de plenárias, seminários, workshops, ao longo dos 3 dias de conferência. Entre eles irmãos e irmãs da Igreja em Bragança, que falaram dos ensinamentos obtidos na conferência.
No sábado pela manhã, o governador do estado Helder Barbalho, participou de cerimônia solene onde entregou ao Pr. Gilberto Marques, presidente da Convenção Estadual da Assembleia de Deus, documento assinado por ele que sancionou a Lei 8.894, que torna a Escola Bíblica Dominical Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado do Pará.
O governador chegou ao centro de eventos por volta de 10:30 da manhã de sábado, acompanhado de assessores e do Pr. Gilberto Marques, ao discursar aos presentes, o governador ressaltou a importância social da EBD no estado.
Em entrevista falou sobre a relevância da Assembleia de Deus e suas ramificações para o estado.
Para o diretor executivo da CPAD, Pr. Ronaldo de Souza, a escolha da data e do local deste evento foi estratégico.
Joane Bentes, uma das ministrantes relata sua satisfação em compartilhar o conhecimento sobre o ensino cristão com outros professores.
A 31ª edição da conferência da Escola Dominical trouxe resultados satisfatórios para a Assembleia de Deus no Pará, que agora poderá aplicar nas salas de aula da EBD em todo estado.


Reportagem: Marcos Nascimento




























COMPARTILHE O POST:
COMENTÁRIOS:
0
Nenhum comentário:



A coordenação do Círculo de Oração Monte Sinai da Assembleia de Deus em Bragança, em parceria com as coordenadoras distritais organização a primeira edição do Chá Rosa.
O momento foi alusivo ao outubro rosa, quando a sociedade desenvolve campanhas de conscientização e prevenção do câncer de mama.
O cenário foi preparado com carinho pela coordenação, buscando proporcionar um ambiente agradável para receber as irmãs que viriam das congregações participar.
O projeto teve como objetivo orientar as irmãs sobre os reflexos de uma vida espiritual equilibrada sobre as demais áreas, inclusive a saúde física.
Centenas de irmãs da igreja estiveram no Templo Central, onde ouviram palestras de orientação espiritual, feitas pela Professora Alessandra Conde e Gláucia Lima, a ministração da Palavra de Deus pela irmã Edlane Trigueiro de Castanhal, e louvores por Kethelen Andrade.

Reportagem e Fotos: Marcos Nascimento
























COMPARTILHE O POST:
COMENTÁRIOS:
1
Um comentário: