Na última segunda-feira, 19, os membros da Assembleia de Deus em Bragança, reuniram-se no Templo Central da igreja, no centro da cidade, para mais um Santa Ceia.

Celebrada na 3ª semana de cada mês, no culto de doutrina, a Santa Ceia é o momento em que a igreja vem cercar a mesa do Senhor.

É uma ordenança Bíblica, sendo o último ato de Jesus reunido com seus discípulos antes de seu sacrifício, ela representa a comunhão com o corpo de Cristo.

Centenas de irmãos e irmãs lotaram o templo nesta segunda, o culto dirigido pelo Pastor Carlos Natalino, presidente da igreja, foi uma demonstração da comunhão entre Deus e seu povo.

O Circulo de Oração Monte Sinai esteve louvando ao Senhor no culto, bem como o coral de jovens e adolescentes. Ambos apresentaram louvores relacionados ao momento sublime celebrado pela igreja.

Como de costume, a ministração da Palavra foi feita pelo Pr. Carlos Natalino, que usou como base o texto escrito em Gênesis 50:14 em diante.

Diversos obreiros da igreja, entre eles: Pastores, Evangelistas, Presbíteros, Diáconos e dirigentes de congregações, além de missionários da Igreja, estiveram presentes no culto.

O cantor Judson Costa e o Missionário Sampaio também receberam suas oportunidades de louvar ao Deus dos céus.

Após a palavra ministrada, algumas pessoas vieram a frente aceitar Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas, outras vieram para reconciliar-se.

Para os evangélicos, os símbolos usados na Santa Ceia, pão e vinho, tipificam respectivamente o corpo e o sangue de Jesus, sacrificado na cruz do calvário. A ingestão desses dois emblemas, em comunhão com o corpo de Cristo, reaviva ainda mais a fé do povo de Deus.



Fotos: Marcos Nascimento






































COMPARTILHE O POST:
COMENTÁRIOS:
1

Comentário(s) pelo facebook:

Um Comentário

  1. Um culto, daqueles que não queria que terminasse mais...muito glorioso!

    ResponderExcluir